segunda-feira, 27 de dezembro de 2010
Todo final de ano é a mesma coisa. Entra ano, sai ano, 2000, 2001, 2005, 2008, 2009, 2010 e agora finalmente, o tão esperado 2011, porém é sempre a mesma coisa, faço planos que tudo vai ser melhor, que eu vou estudar mais, que eu vou ter um namorado decente. Eu sempre faço planos, sempre, e eu sempre realizo, os planos, namorados. O ano vai passando e eu vou realizando as coisas, e quando chega no final do ano, é tudo a mesma coisa, se renova o ciclo. Eu pego aquele ano que se passou, eu pego as cartas, bilhetes, correspondências, ingressos de cinema, convites de festas, eu pego todas aquelas lembranças, todas, músicas, vídeos, e coloco em uma caixa prometendo que nunca mais verei aquilo de novo... Mas eu não consigo, e passa dois meses eu desenterro aquela caixa de passado, e vejo tudo de novo. Refaço a minha vida baseada nas lembranças, mas agora não. Agora é diferente, vou decidir de uma vez por todas que essas lembranças não vão mais existir, estou pré destinada a pegar essas lembranças e jogar tudo pro espaço, estou pré destinada a começar uma vida nova. É uma virada de década, de 2000 para 2011; deveríamos jogar as mãos aos céus e agradecer , e então será tudo diferente, dessa vez sim, vai dar certo, vai ser diferente. Eu prometo, não haverá caixa de lembranças, vou guardar tudo na memória, e quando a saudade bater, minha memória dirá se é verdade ou não. Não haverá mais nada em papel, CD, pendrive ou coisa do tipo. Serão apenas meras lembranças, e se um dia elas quiserem se materializar, terão que passar por mim primeiro. Dessa vez, tudo vai mudar, tudo vai mudar...
Todos os documentos publicados neste blog, sejam eles fotos ou textos, estão protegidos por direitos autorais, e qualquer mal uso do mesmo será da responsabilidade de quem ás exibir. Favor colocar seus devidos créditos antes de republica-los em qualquer página, seja ela da internet ou não. Obrigada!

Quantas pessoas vieram aqui :

Está procurando por algo ?

About me :

Minha foto
Mineira, 20 anos, escritora desde os 12, inconstante, imprevisível, cruzeirense apaixonada, esquecida e abandonada pelo amor, e talvez, cheia de sonhos. Como dizia o grande Renato Russo: "Nunca deixe que lhe digam que não vale á pena acreditar no sonho que se tem, ou que seus planos nunca vão dar certo, ou que você nunca vai ser alguém."
Documentos, fotos e textos por Anna Luíza HS. Tecnologia do Blogger.

Translate

" Longe de toda negatividade e a onda boa se propaga no ar ... " (Forfun)